Projecto da Disciplina de Projecto 3º Ano NTC
pesquisar neste blog
posts recentes

Entrega final, wooo-hooooo!

Testes de Interacção dos Docentes e Usabilidade da Mesa

Entrega Versão Beta

testes versao beta

Actualização das funcionalidades DeCATouch

Lista de bugs protótipo (código, funcionalidades, layout)

Módulos a desenvolver na versão beta

Testes de Interacção dos Docentes

Protótipo de Alta Fidelidade agora com lente

Entrega de Protótipo de Alta Fidelidade

arquivos

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Segunda-feira, 12 de Julho de 2010
Entrega final, wooo-hooooo!

E pronto, tendo acabado e entregue o projecto atempadamente (coisa rara!), deixamos aqui um gostinho do produto final. Há que deixar alguns agradecimentos: em primeiro lugar aos docentes da disciplina de projecto, em segundo, ao Tiago Serra, que ministrou o Workshop Multitoque em que o grupo participou, ao Dudu que nos aturou à grande e nunca se importou de carregar um acrílico gigante de um lado para o outro e, finalmente, e acima de tudo, ao nosso Mui Nobre orientador, Prof. Nuno Ribeiro, aquele abraço!

O grupo:
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags: ,

publicado por samueltraquina às 19:46
2

Segunda-feira, 14 de Junho de 2010
Testes de Interacção dos Docentes e Usabilidade da Mesa

Hoje, pelas 17 horas os docentes da disciplina de projecto foram à sala do Projecto IMP - que gentilmente nos cedeu uns metros quadrados - testar a mesa DeCA Touch. Nesta, depois de termos feito o árduo trabalho de calibração dos lasers, procedeu-se à apresentação da aplicação, em fase beta, "in loco". Os docentes navegaram um pouco por todas as áreas desenvolvidas actualmente e desde logo notámos erros cruciais que se viriam a revelar também nos testes de usabilidade.

Após a interacção dos docentes, recrutaram-se seis utilizadores para efectuar os testes de usabilidade da mesa, sendo que três destes utilizadores são alunos de NTC, dois são ex-alunos de mestrado e o último o segurança do DeCA (utilizador com menor literacia tecnológica). A estes apresentou-se uma lista de tarefas que consistia nos seguintes pontos:

1. Abrir o menu
2. Entrar na visualização de trabalhos
3. Entrar nos trabalhos do curso de NTC
4. Visualizar dois trabalhos do fim da lista (obrigando-os a descobrir a função de scroll) e fechando-os posteriormente
5. Alternar para o modo de visualização "shuffle"
6. Reposicionar, redimensionar e rodar pelo menos dois trabalhos
7. Mexer o fundo
8. Entrar na área do mapa
9. Rodar, redimensionar e utilizar o modo de perspectiva do mapa (tilt).

Encorajou-se, igualmente, o feedback dos utilizadores aquando da realização destas mesmas tarefas.

Através destas tarefas descobrirmos essencialmente vários problemas de usabilidade que têm que ser aperfeiçoados: existe um  problema com o método de abrir os pormenores de um trabalho, sendo que a solução passa ou por adoptar um novo ícone de feedback ou voltar a utilizar o simples "tap" para abrir o trabalho; o scroll no modo em lista tem que se melhorado, seja por não haver nenhuma indicação de que este pode ser efectuado, seja pelo facto de este só funcionar quando o dedo é levantado; pode também dizer-se que o "tilt" do mapa não é intuitivo, sendo que praticamente todos os utilizadores precisaram da indicação de que precisariam de utilizar pelo menos três pontos de toque para que o mesmo funcionasse; finalmente referimos os ícones do menu principal, dado o facto de quatro em seis dos utilizadores tiveram dificuldade em associar os ícones das áreas dos trabalhos e dos mapas ao que estes representavam.

Finalmente, no que diz respeito ao feedback dos utilizadores, pode dar-se realce à indicação dada por um dos ex-alunos de mestrado que indicou que poderia ser interessante - caso haja algum trabalho aberto em modo de pormenor e se mude o tipo de organização (em fila e shuffle) - manter-se o mesmo aberto e apenas se mudar o paradigma dos trabalhos ao fundo.

Os elementos do grupo:
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags: , , ,

publicado por samueltraquina às 18:39

Sexta-feira, 11 de Junho de 2010
Entrega Versão Beta

O backoffice foi terminado, sendo que ainda faltam corrigir os bugs detectados nos testes de compatibilidade, segurança e usabilidade, melhor descritos abaixo. Assim, foram totalmente cumpridos os objectivos a que nos tínhamos proposto neste aspecto do projecto.

Backoffice

- Aluno:
User:Mhytra
Pass:prototipo

- Professor:
User:DrMhytra
Pass:prototipo

Não se avançou na construção da mesa, sendo que o grupo continua à espera da recepção das lentes. Esperamos que, com a chegada atempada desta componente, consigamos completar o trabalho a tempo de cumprir o deadline da entrega final.

No que diz respeito à aplicação de front-end alteraram-se os objectivos propostos. Assim preferimos desenvolver, numa primeira instância, as duas áreas possíveis de exploração de trabalhos (em lista e espalhados), sendo que o passo seguinte será aprofundar cada uma dessas áreas. Em ambas as áreas serão necessários os mesmos métodos de visualização dos detalhes dos trabalhos, recorrendo-se à mesma classe para ambos. Esta classe, ainda em desenvolvimento, já tem disponível a exibição dos destalhes do trabalhos e dos diferentes tipos de trabalhos . Esta navegação está mais patente na área de disposição em lista (já com scroll e interacção detalhada), sendo que, visualizando os trabalhos espalhados, já se poderá interagir com os mesmos (redimensionar, rodar, posicionar).

Abaixo seguem os exemplos da aplicação com as componentes desenvolvidas até ao momento bem como uma imagem representativa das áreas presentes na versão beta.

Versão Windows

Versão Mac

mapa mesa

Instruções para interacção com a aplicação em computador sem a utilização da mesa:

- Dar permissões ao Flash, indo a:
http://www.macromedia.com/support/documentation/en/flashplayer/help/settings_manager04.html
Global Security Settings -> Acrescentar a pasta em que se encontra o ficheiro DeCATouch
- Adicionar excepção na firewall, se necessário;
- Utilizar o rato para a interacção;
- Shift+Clique para guardar um toque;
- Duplo-clique num toque existente para o eliminar.

Testes de Compatibilidade

Desde cedo se definiu que o backoffice seria desenvolvido tendo como browser de referência o Firefox, não excluindo, porém, os demais browsers. Assim estabeleceu-se que o backoffice deveria ser suportado nos principais Browsers, vulgo: Firefox, Chrome, Safari, Opera e Internet Explorer (da sua versão 7 à versão 9) sendo que teria que seri visualizado de igual forma em Sistemas Operativos Windows e Mac.

Dos bugs evidenciados aquando do início dos testes de compatibilidade, não resta nenhum, sendo que, de momento, o site está relativamente coerente em todos os sistemas e browsers referidos, sendo que ainda há que corrigir as larguras dos campos dos formulários.
Alguns dos erros encontrados e já solucionados foram:
- margins da legenda colocada no footer ( IE 7)
- margins da barra do menu principal (Firefox e Safari em Mac)
- espaçamento dos items em listagens de trabalhos (IE 7)
- localização dos botões de upload (Firefox e Safari em Mac)

Testes de Segurança


Os testes de segurança, efectuados pelo professor Helder Caixinha seguindo um guião previamente elaborado pelo grupo, revelaram, essencialmente, que, por um lado as passwords estavam bem protegidas, impedindo a visualização das mesmas e que os formulários estavam seguros impedindo a inserção de código malicioso. Revelaram também duas falhas graves que irão ser corrigidas: a primeira é o facto da edição não estar a funcionar e a outra é o facto de se poderem aprovar e apagar comentários de trabalhos de outros utilizadores, desde que se esteja com o login efectuado. Em virtude destas mesmas falhas, averiguámos a natureza da primeira, que já está corrigida e ousamos acrescentar que ainda bem que esta opção não estava activa, porque dados os resultados dos testes de segurança dos comentários, se o professor tivesse tentado fazer com a edição o que fez com os comentários, teria certamente conseguido editar trabalhos alheios.

Assim pode dizer-se que as falhas de segurança se resumem à necessidade da inserção da verificação do utilizador aquando da edição dos trabalhos e aprovação de comentários.
O professor revelou também algumas outras falhas, que diziam, no entanto, respeito à usabilidade, sendo que grande parte delas já estão corrigidas.

Testes de usabilidade


Efectuou-se um guião com as tarefas a cumprir por 3 utilizadores do tipo aluno e 2 utilizadores do tipo professor, bem como várias tabelas de registo das dificuldades encontradas por parte dos utilizadores, das quais se efectuou um resumo presente no ficheiro abaixo.

Tabela

Das tarefas propostas: fazer login, ver trabalho recente, inserir trabalho, editar trabalho, ver trabalho inserido, aprovar e rejeitar comentários e fazer o logout para ambos os tipos de utilizador, ao que se juntam as funções de validar trabalhos de alunos e activar e ocultar os seus próprios trabalhos específicas dos professores, obtivemos as seguintes conclusões:

1. Tem que se melhorar a linguagem utilizada aquando da inserção dos diversos tipos de ficheiros referentes a um trabalho: referir claramente que o primeiro ficheiro que se insere é a "imagem de rosto" do trabalho, enquanto o outro ficheiro inserido é o trabalho proriamente dito.
2. Fazer referência aos campos de preenchimento obrigatório
3. Arranjar formas mais intuitivas de navegar no backoffice, sendo que alguns utilizadores se perderam à procura da edição de trabalhos, aprovação de comentários e validação de trabalhos. Este podem ser melhorados realçando as breadcrumbs, alterando a linguagem utilizada no menu principal e melhorando os ícones das listagens de trabalhos.
4. Estabelecer claramente a diferença entre a página principal e a lista de trabalhos publicados por um autor, melhorando a carga icónica dessas mesmas listagens bem como informando dos autores dos trabalhos nas listas que possuirem trabalhos alheios.
5. Referir o número de comentários de cada trabalho nas listagens.

Conclusão


Pode dizer-se então, sumariamente, que o desenvolvimento da aplicação DeCATouch, apesar de não ter sido efectuada segundos os parâmetros estabelecidos originalmente, contribuiu para o melhor desenvolvimento futuro do projecto, optando por um desenvolvimento Top-Down, em vez da estratégia de módulos que tinha sido definida anteriormente. No que toca ao backoffice, este encontra-se muito próximo da sua conclusão. Conclusão essa que será facilitada pelo feedback fornecido pelos utilizadores aquando dos diversos testes efectuados.

Os membros do grupo:
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags: , , ,

publicado por samueltraquina às 19:03

Quarta-feira, 2 de Junho de 2010
testes versao beta

Na próxima semana o grupo compromete-se a fazer os testes para a entrega da versão beta, tanto na parte de backoffice como na parte do arfefacto. Os testes serão relativos aos seguintes pontos:

BackOfiice

 

Artefacto


Será criado um guião com as tarefas, para os utilizadores que serão submetidos aos testes de usabilidade.

Os testes serão efectuados com 5 utilizadores de diferentes niveis de literacia informática, para que também se possa perceber se exite grande diferença entre utilizadores com mais ou menos conhecimentos informáticos

Os elementos do grupo,
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags:

publicado por rui-miguel às 22:16

Terça-feira, 1 de Junho de 2010
Actualização das funcionalidades DeCATouch

Com o desenvolvimento do produto vão surgindo algumas novas necessidades no que diz respeito às funcionalidades das aplicações, sendo que estas podem surgir por nos darmos conta de algumas necessidades dos utilizadores, como também pela necessidade de evitar erros do mesmo e consequente simplificação da interacção.Assim, aqui fica um pequeno resumo do que foi alterado desde a proposta inicial ao nível das funcionalidades.

Backoffice

Algumas funcionalidades foram alteradas nesta área desde a proposta inicial, sobretudo devido a questões práticas que estão ligadas à simplicidade do serviço e à melhor resposta às necessidades do front-end.
Assim o aluno já não pode activar e ocultar os seus trabalhos, apenas os professores podem activar e desactivar os seus trabalhos, mudança relativa ao facto de haver apenas um campo na base de dados relativo à actividade ou inactividade dos trabalhos. Da mesma forma se pode dizer que os trabalhos dos professores não precisam de validação, sendo que estes ficam válidos e activos automaticamente.
Outra alteração profunda é relativa aos ficheiros inseridos relativos a cada trabalho. Agora, para além do ficheiro do próprio trabalho, deve inserir-se também uma imagem representativa do mesmo, mudança esta que resultou da necessidade de variedade na área do front-end.
Finalmente adicionou-se uma lista dos trabalhos mais recentes que qualquer utilizador pode visualizar mesmo sem estar registado, bem como o banner publicitário desenvolvido para a disciplina de Publicidade e Marketing, alterações que poderão dar uma nova cara ao backoffice do projecto, bem como conferir-lhe um carácter apelativo, sendo que não se poderá apenas introduzir, como visualizar os trabalhos no backoffice.

Front-end

Nesta área houve apenas uma alteração ao nível das funcionalidades desde as apresentadas inicialmente: embora nos propusessemos a permitir apenas em alguns tipos de trabalhos (aqueles que menos relevância tinham no âmbito multitoque, como os escritos) o envio dos mesmos para um mail, estendemos essa funcionalidade a todos os projectos, fruto, mais uma vez, da necessidade de simplificação que nos pareceu patente da fase de desenho do layout.


tags:

publicado por samueltraquina às 21:29

Lista de bugs protótipo (código, funcionalidades, layout)

Backoffice:

 
Front-end:

Artefacto:

NOTA: Até à data os bugs da limpeza do formulário, a área de backoffice e o "timer" no front-end já foram corrigidos. Desta lista, tem-se como objectivo resolver todos os bugs detectados antes da próxima entrega, com excepção da existência das lentes, problema que nos transcende.

Os elementos do grupo,
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina

 


tags:

publicado por rui-miguel às 17:48

Módulos a desenvolver na versão beta

Para a entrega da TP6 (versão Beta) propomo-nos desenvolver as seguintes funcionalidades: backoffice - Nesta componente de backoffice, propomo-nos desenvolver as funcionalidades em falta de forma a terminarmos esta componente. Desta forma, nesta fase, serão incrementadas as funcionalidades de edição de trabalhos e de activação/desactivação dos mesmos (próprias dos utilizadores professor e aluno) e validar trabalhos do professor e activar/desactivar os trabalhos dos seus alunos (específicas do utilizador professor). Estas funcionalidades encontram-se identificadas, na imagem que se segue, com a cor verde. mapa backoffice beta

Artefacto multitoque - o grupo continua dependente da chegada das lentes que permitem a utilização dos filtros IR para que possa terminar esta componente. No entanto, e como já se verificou anteriormente, conseguir-se-á, pontualmente e por empréstimo, uma câmara (adaptada com uma lente) para que se possam efectuar os testes directamente sobre a mesa. Front-end - nesta componente, serão desenvolvidas as áreas identificadas como mapa do campus em que ao utilizador é permitido interagir (escalar, rodar) com o mapa do campus da Universidade de Aveiro, assim como serão implementadas as funcionalidades de visualizar os trabalhos, em que será possível interagir no modo "em fila". A interacção com o trabalho permitirá ver trabalho em pormenor (estando disponíveis as acções de escalar, reposicionar e rodar esse mesmo trabalho). Para além disso, será possível ver os comentários já inseridos, enviar o trabalho para o e-mail do utilizador e inserir comentários. Esses módulos estão identificados a verde na imagem que se segue.

mapa navegação front-end beta

 

Os elementos do grupo,

Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags: , , ,

publicado por fjsbaiao às 11:46

Sexta-feira, 21 de Maio de 2010
Testes de Interacção dos Docentes

Pois é... finalmente hoje, por volta das 14H, os docentes da disciplina de projecto "deram uma volta" na mesa DeCATouch. Pena é que, com o horário apertado dos mesmos, bem como dos alunos do grupo, a calibração dos lasers não estivesse tão perfeita como nos testes apresentados nos vídeos dos posts anteriores, e o CCV tivesse o parâmetro "remove background" mal afinado (não o efectuámos com as luzes apagadas) o que provocou alguns pontos mortos provenientes da anterior existência de iluminação, pormenor este em que reparámos imediatamente depois dos docentes saírem da sala... Outra coisa que faltou foi a câmara com o filtro apropriado para se utilizar a projecção na própria mesa, dificuldade que se reflectiu na capacidade de fazer uma interacção correcta, efectuando o toque nos locais desejados.

Deste teste podem retirar-se algumas conclusões, sendo algumas delas relativas ao projecto propriamente dito e outras em relação ao acompanhamento realizado pelos docentes.

No que diz respeito ao projecto pode dizer-se que o tempo escasseia e que este aspecto pode influenciar de uma forma determinante o decorrer do projecto, sendo que a parte mais complicada do desenvolvimento da aplicação ainda está para vir e que a própria mesa nunca será um projecto totalmente acabado (convém sublinhar o "totalmente"). O que quero dizer é que será sempre necessário, previamente à interacção, proceder a uma calibração atempada e cuidada dos lasers, da câmara e do projector de vídeo, enquandrando cada uma dessas componentes o melhor possível. Será possível melhorarmos no processo de o fazer (demorando cada vez menos ou fazendo cada vez melhor com o mesmo tempo disponível), mas será difícil alcançar um setup perfeito, sem falhas, e, sobretudo, a funcionar em cinco minutos.

Fica então no ar o pedido de, na altura da apresentação final, termos algum tempo para calibrar todos os componentes da mesa e podermos fazer a apresentação imediatamente após esta mesma calibração.

No que toca ao acompanhamento dos docentes há que referir, por um lado, a infeliz indisponibilidade de fazer este teste na próxima semana, altura em que já teríamos acesso à câmara com o filtro apropriado (o que possibilitaria fazer a projecção na própria superfície) e, por outro lado, os vários comentários realizados a própósito tanto da mesa como da aplicação desenvolvida. A maior parte destes comentários foram úteis e de caratácter construtivo, sendo que importa destacar um que, supomos que tenha sido realizado devido à falta da projecção e consequente dificuldade em efectuar o toque no local correcto para fazer uma interacção sem falhas. Um dos docentes referiu a necessidade de ter, no fundo, um estado de "hover" para os botões do menu, dando a indicação ao utilizador de que iria carregar na área "X" ou "Y". Ora dada a ausência do conceito de "cursor" numa plataforma multitoque, pode também dizer-se que todo o paradigma de interacção que daí advém será de descartar. Resumindo, não existe o "ter o cursor em cima de..." porque não há cursor. Há ainda que destacar o contexto em que o comentário foi realizado que se prende não só à ausência da projecção na mesa como também do enquadramento deste exemplo na necessidade de dar melhor feedback ao utilizador, conceito com o qual estamos em total concordância, com a excepção do pormenor anterior.

Fica então a consideração de que talvez seja esse mesmo o papel dos docentes: agir como o cliente que não reconhece as particularidades da tecnologia que vai adquirir e necessita da melhor informação e aconselhamento possíveis.

Concluindo, a apresentação não correu assim tão bem: a calibração dos lasers estava deficiente, não havia projecção na superfície e houve pouca disponibilidade tanto dos alunos (que são quase todos trabalhadores-estudantes) para fazer uma preparação ainda mais atempada da mesa, como dos professores, que também tinham um horário apertado na tarde de sexta, não havendo grande margem cronológica para correcção de erros ou pequenas afinações finais.

Não querendo atribuir aos restantes elementos do grupo o meu tom ligeiramente ressentido, assumindo totalmente a autoria do presente post:

Samuel Traquina


tags:

publicado por samueltraquina às 15:13

Quinta-feira, 20 de Maio de 2010
Protótipo de Alta Fidelidade agora com lente

As lentes necessárias para que se possa interagir directamente com a mesa tirando partido da projecção na superfície, continuam, supostamente, retidas na alfândega ou, como mais recentemente tivemos conhecimento, a encomenda veio trocada, nada mais nada menos que boquilhas para cigarros eléctricos...no comments....

No entanto, com recurso a uma câmara (adaptada com uma lente) que se conseguiu por empréstimo para esta fase de testes, foi possível verificar que, de facto, a lente faz toda a diferença. Assim, foi possível efectuar testes tanto com as componentes já desenvolvidas pelo grupo (tanto as imagens que surgem no início do vídeo disponibilizado como a própria aplicação que se encontra a ser desenvolvida no âmbito do projecto DecaTouch - que se encontra no final do vídeo) como com outras aplicações facultadas no site da TUIO.

Desta forma, tornou-se viável efectuar algumas experiências onde chegaram a estar 5 mãos em contacto em simultâneo com a mesa, montar puzzles e... testar os dotes musicais de alguns elementos do grupo.

Os membros do grupo:
Dinis Simões
Francisco Baião
Rui Silva
Samuel Traquina


tags: , , ,

publicado por dinisadriano às 23:00
2

Sexta-feira, 14 de Maio de 2010
Entrega de Protótipo de Alta Fidelidade

Após a proposta de prototipagem efectuada a 4 de Maio, o grupo evidenciou a sua dependência da chegada de todo o material necessário à construção da mesa multitoque (nomeadamente no que diz respeito às lentes) para que pudesse desenvolver a componente de front-end. Verificou-se, de facto, que as lentes continuam indisponiveis mas, ainda assim, o grupo optou por desenvolver algumas funcionalidades na componente de front-end, superando assim as metas a que os próprios elementos se tinham proposto. Assim, e conforme se pode constatar no vídeo que acompanha esta entrega do protótipo de alta fidelidade foram já desenvolvidas três áreas desta componente de front-end: uma primeira componente que contém as informações relevantes do campus universitário, a área home (que contém as boas-vindas ao utilizador e disponibiliza o menu onde o utilizador pode escolher entre a área Home, os portefólios e o Mapa do Campus), e a área onde o utilizador pode filtrar os trabalhos.

Estas áreas encontram-se assinaladas na imagem abaixo:

prototipo_mesa


Para além disso, o grupo foi ainda mais ambicioso, conseguindo, como também se pode comprovar no vídeo, implementar algumas interacções com o exemplo que se apresenta: como se pode constatar, é desde já possível interagir com imagens, às quais é já possível alterar a escala, a rotação e a posição, assim como é possível deslocar o fundo do ecrã.
Tal como o grupo se propôs, o artefacto (mesa multitoque) encontra-se prototipado quase por completo, tal como se pode constatar no vídeo, faltando, no entanto, as anteriormente referidas lentes sem as quais o grupo está impossibilitado de usar os filtros IR. Esta tarefa de prototipagem do artefacto foi algo que ocupou várias horas de trabalho pela complexidade da mesma e pelo rigor que a mesma exige, uma vez que, por um lado se estava dependente de terceiros (nomeadamente para o corte do acrílico, por exemplo) e, por outro lado, pelo cuidado necessário ao calibrar os lasers para que a interacção seja o mais perfeita possível.

Vídeo da interacção com a mesa decatouch no contexto da aplicação de manipulação de imagens e na própria aplicação DeCAtouch, ainda em fase de prototipo:

Também no que diz respeito à componente de backoffice, o grupo conseguiu utrapassar as metas definidas anteriormente uma vez que, na proposta, estava previsto prototipar as funcionalidades comuns a todos os utilizadores, isto é, a página inicial, o registo e o log in, as funcionalidades específicas do utilizador administrador, ou seja, a remoção de trabalhos já introduzidos e uma das funcionalidades dos utilizadores aluno e professor, nomeadamente, a introdução de trabalhos sendo que, nesta fase da entrega do protótipo de alta fidelidade, o grupo prototipou, para além das funcionalidades a que se propôs, a área em que os utilizadores recebem alertas sobre comentários por aprovar e, igualmente prototipado, a área de aprovação/reprovação de comentários.

A imagem seguinte destaca as áreas do backoffice desenvolvidas, enquadradas no mapa de navegação do mesmo:

prototipo_backoffice


Em suma, o grupo conseguiu prototipar tudo aquilo a que se propôs no início dos trabalhos para esta entrega, tendo, inclusivamente, para as áreas de backoffice e de front-end ultrapassado os objectivos traçados, visando assim adiantar o mais possível o trabalho para conseguir ter tempo disponivel para resolver eventuais imprevistos que possam ocorrer no futuro do desenvolvimento do projecto.

Finalmente, ficam os links para o backoffice e para a aplicação front-end até agora desenvolvida (cuja navegação pode ser experimentada com o rato):

Backoffice:

http://decatouch.worldwidewonder.com/

Utilizadores já criados e com trabalhos publicados e comentários por aprovar:

- Administrador:
User:MhytraAdmin
Pass:prototipo

- Aluno:
User:Mhytra
Pass:prototipo

- Professor:
User:DrMhytra
Pass:prototipo

Front-end:

Para utilizar os presentes ficheiros é necessária uma conexão à internet, visto a informação inicial referente às notícias da UA serem adquiridas através dos feeds do próprio sistema da universidade. Estes povoam uma tabela da base de dados do projecto DeCATouch e a informação da mesma é refrescada duas vezes ao dia.

Ficheiro PC

Ficheiro Mac

 

Os membros do grupo:

Dinis Simões

Francisco Baião

Rui Silva

Samuel Traquina


tags:

publicado por samueltraquina às 18:38


mais sobre mim
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


tags

todas as tags

subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários